ATUAÇÃO DO PSICÓLOGO NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA: uma revisão integrativa da literatura

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Walmy Porto da Silva Isabel Cristina Oliveira Gomes

Resumo

O objetivo deste estudo é apresentar uma revisão integrativa com o objetivo de analisar a atuação do psicólogo na UTI. Refere-se a uma revisão sistemática a respeito do tema. Observou-se que a área da saúde representa uma das principais atuações do psicólogo e essa atuação não está limitada a psicologia clínica. A internação em unidade de Terapia Intensiva representa um momento delicado tanto para o paciente quanto para os seus familiares, pois ambos precisam encarar a situação da doença que gera inúmeros sentimentos negativos de desconforto, medo, angústia arrependimentos e tristezas. A inserção do psicólogo também nesse contexto, se faz importante, para trabalhar com essas pessoas, a fim de propiciar uma melhor compreensão da situação e dos sentimentos por ela desencadeados. Além da atuação com o paciente e família, a inserção do psicólogo também é de grande valia para toda a equipe multidisciplinar de saúde que atua no contexto, pois se trata de um ambiente com uma alta carga de estresse e a atuação do psicólogo pode contribuir para uma melhora do relacionamento entre a equipe, bem como da equipe com os pacientes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
Silva, W., & Gomes, I. (2017, dezembro 15). ATUAÇÃO DO PSICÓLOGO NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA: uma revisão integrativa da literatura. Psicologia E Saúde Em Debate, 3(2), 44-52. https://doi.org/https://doi.org/10.22289/V3N2A4
Seção
Estudo Teórico