ATUAÇÃO DO PSICÓLOGO ESCOLAR NA REDE PÚBLICA DE ENSINO, DA TEORIA À PRÁTICA: uma revisão bibliográfica conceitual

  • André Luiz Ferreira Evangelista
  • Alessander Freitas Amaral
Palavras-chave: Educação, Psicologia Escolar, Ensino Público

Resumo

INTRODUÇÃO: As perspectivas da escola pública em relação ao psicólogo, ainda estão, em boa parte, fundamentadas nos atendimentos clínicos, com enfoques limitados e ações descontextualizadas. Em contradição com esse tipo de representação, emergem as demandas de se trabalhar a escola como um grande sistema, o que leva o profissional a atuar junto a diferentes atores, como corpo docente, alunos e famílias, tendo que prestar uma atenção desarticulada. OBJETIVO: Reconhecer as contribuições, os desafios e as oportunidades pertinentes à prática psicológica, especialmente no que se refere à função específica do psicólogo escolar e seu comprometimento com a formação do aluno na escola pública. RESUTADOS: Observou-se que a psicologia tem um papel importante no contexto escolar, mas, ainda há uma série de fatores que dificultam essa atuação, como por exemplo, a capacitação dos profissionais, pois nas universidades, os acadêmicos de psicologia nem sempre são devidamente preparados para trabalhar no processo educacional. Na escola, a atuação do psicólogo vai além da atuação clinica direcionada para o aluno com problemas de aprendizagem. O seu trabalho deve considerar todo o contexto social em que o aluno se encontra inserido, a cultura peculiar a escola e o perfil dos profissionais que dela fazem parte. Há de se observar que o processo de desenvolvimento infantil e de aprendizagem é bastante complexo e sofre influência direta de inúmeros fatores. Torna-se importante que essa área de conhecimento seja estimulada com mais publicações relacionadas. E que as instituições de ensino superior se atentem para a necessidade de capacitar os graduandos para atuarem junto as instituições escolares, de forma a compreender os objetivos e as exigências dessa função para este contexto. CONSIDERAÇÕES FINAIS: Considerando a complexidade dessa atuação, dentre os principais problemas apontados para a inserção do psicólogo no ambiente escolar, esbarramos com a capacitação desse profissional, pois embora se trate se um segmento importante de atuação, constatou-se que nas universidades, os acadêmicos de psicologia não são devidamente preparados para trabalhar no processo de educação. Desse modo, é importante que essa área do conhecimento seja estimulada com mais publicações a respeito do tema e que as instituições de ensino superior se atentem para a necessidade de capacitar os alunos para atuarem junto as escolas, compreendendo as particularidades desse trabalho.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-11-15
Como Citar
Evangelista, A., & Amaral, A. (2017). ATUAÇÃO DO PSICÓLOGO ESCOLAR NA REDE PÚBLICA DE ENSINO, DA TEORIA À PRÁTICA: uma revisão bibliográfica conceitual. Psicologia E Saúde Em Debate, 3(Supl. 1), 8-9. https://doi.org/10.22289/V3S1A4
Seção
Anais das Semanas Da Psicologia - FPM