O PERFIL DO ATENDIDO E DOS PROFISSIONAIS QUE COMPÕE O TRATAMENTO DAS DROGAS EM COMUNIDADES TERAPÊUTICAS

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Mayza Caetano Souza Gilmar Antoniassi Júnior

Resumo

O estudo objetivou identificar o perfil dos usuários em tratamento e a condição de envolvimento de álcool e outras drogas bem como a equipe de profissional disponibilizada em comunidades terapêuticas (CT). Trata-se de um estudo qualitativo, descritivo, de natureza exploratória realizado em três instituições. Utilizou-se um Questionário elaborado para identificação do perfil do atendido e dos profissionais das comunidades terapêuticas. Os resultados apontam que não existe um protocolo especifico de ações e que, cada CT, tendese a agir com sua própria filosofia institucional. A principal droga apontada como eliciadora da internação dos residentes pelas CT corresponde à dependência do uso de Crack e Álcool. Dos profissionais envolvidos na CT, 90,9% buscaram se profissionalizar através de leituras e capacitações. Conclui-se que há necessidade de os profissionais das CT’s estudadas ampliarem o conhecimento sobre propostas melhor delineadas de tratamento para os dependentes de álcool e outras drogas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
Souza, M., & Júnior, G. (2017, janeiro 1). O PERFIL DO ATENDIDO E DOS PROFISSIONAIS QUE COMPÕE O TRATAMENTO DAS DROGAS EM COMUNIDADES TERAPÊUTICAS. Psicologia E Saúde Em Debate, 2(2), 112-123. https://doi.org/https://doi.org/10.22289/2446-922X.V2N2A7
Seção
Artigo original