A PRÁTICA DE BULLYING NAS ESCOLAS

  • Ana Paula dos Reis
  • Dirlene Faria de Andrade
  • Ítala Siqueira
  • Kamila Corrêa Nunes
  • Vilma Aparecida Tavares da Silva
  • Víctor José Souto Pacheco
  • Roseline Martins Sabião
Palavras-chave: -

Resumo

Introdução: O tema central que guia o enredo do filme Extraordinário, é o bullying sofrido por Auggie quando ele passa a frequentar a escola e a conviver com outras crianças. No entanto, a história não retrata isso de forma pesada, possibilitando uma reflexão sobre o tema, até mesmo, entre os próprios agressores. Essa é uma ótima oportunidade de introduzir o assunto e conversar com seu pequeno sobre preconceito e ensiná-lo a respeitar as diferenças. A cada superação, o pequeno Auggie nos mostra o quanto a aparência é apenas um detalhe em nossas vidas, e que a nossa essência é o que temos de mais precioso. Seus pais o ajudam, todo momento, a perceber o quanto seu rosto não define o que ele é, e que quem o conhece, sabe o quanto ele é uma pessoa especial e cheio de qualidades! No decorrer da história, Auggie ganha um grande amigo na escola, o Jack, que tem que aprender a conviver com a pressão e mostrar aos demais colegas que o que temos de mais importante é o que não se pode ver. Objetivo:  A obra leva, com grandeza, a mensagem de inclusão, amizade e amor ao próximo, por meio de uma linguagem sensível e cuidadosa. Somos Todos Extraordinários é uma adaptação desta emocionante história para o público infantil. Muitas vezes, o bullying acontece quando as pessoas não conhecem as outras e, por isso, tendem a destilar a raiva naquilo que só elas querem ver. O bullying geralmente é feito contra alguém que não consegue se defender ou entender os motivos que levam à tal agressão. Normalmente, a vítima teme os agressores, seja por causa da sua aparente superioridade física ou pela intimidação e influência que exercem sobre o meio social em que está inserido. O bullying é algo que na maioria das vezes não é levado em conta como um problema preocupante, mas a cada vez deveria servir de alerta para as pessoas. Essas práticas antissociais de agressividade entre alunos são constantes, é muito importante as escolas implantarem um projeto com o objetivo de tentar diminuir o índice de violência verbal e física. Assim tentando obter e igualar a convivência entre todos. Metodologia: O presente estudo quer refletir que o filme Extraordinário, é uma grande lição de vida, que a minimização do sofrimento humano depende de todos trabalhar com mesmo objetivo. Ao avaliar o filme, considera-se muito interessante a forma em que a autora atinge um fato da atualidade, buscando no seu próprio sentimento a experiência vivida.  Há um bom seguimento de ideias e uma boa argumentação. A apreciação desse filme e leitura sobre bullying foi uma proposta de trabalho dentro da disciplina de Língua e Comunicação como requisito de atividade avaliativa Avaliação Livre, onde os alunos puderam participar desse assunto de forma como se fosse uma entrevista com a família toda do filme Extraordinário refletindo sobre os conceitos de bullying, a discriminação e vergonha que os personagens passaram em diversas situações do filme.  Considerações: Este filme deve ser assistido por toda família, profissionais da psicologia e também pessoas formadas em diversas áreas de conhecimento, pois retrata realidades da escola, revela comportamentos relacionados ao campo da aprendizagem, família, psicologia do comportamento humano e colabora tanto para desenvolvimento profissional quanto para engrandecimento pessoal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

-
Publicado
2019-07-29
Como Citar
Reis, A., Andrade, D., Siqueira, Ítala, Nunes, K., Silva, V., Pacheco, V., & Sabião, R. (2019). A PRÁTICA DE BULLYING NAS ESCOLAS. Psicologia E Saúde Em Debate, 5(Suppl.1), 4-4. Recuperado de http://psicodebate.dpgpsifpm.com.br/index.php/periodico/article/view/481