IMPLICAÇÕES DO USO DE DROGAS E A CONDIÇÃO DE SAÚDE DOS CAMINHONEIROS

  • Priscilla Fonseca Nascimento
  • Gilmar Antoniassi Junior
Palavras-chave: Uso de Drogas, Motoristas, Promoção da Saúde

Resumo

O uso de drogas por motoristas ocorre pelo mundo todo e as implicações decorrentes do uso são alarmantes. O objetivo do estudo foi de verificar o uso de drogas por motoristas de cargas associado à exposição do risco a condição de saúde. Trata-se de uma pesquisa quantitativa de natureza descritiva e exploratória, envolvendo os 31 motoristas, cuja foram convidados a responderem um Questionário de Exposição ao Risco, bem como questões do Teste ASSIST, considerou o IC de 95% para os testes estatísticos aplicados. Os resultados evidenciam que 25,8% já fizeram uso de drogas e a droga mais consumida são os estimulantes e 61,5% já tiveram DST. Concluiu-se que ações promotoras e preventivas da saúde devem ser implantadas dentro das empresas que possuem estes profissionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2016-10-01
Como Citar
Nascimento, P., & Junior, G. (2016). IMPLICAÇÕES DO USO DE DROGAS E A CONDIÇÃO DE SAÚDE DOS CAMINHONEIROS. Psicologia E Saúde Em Debate, 2(Ed. Esp. 1), 104-116. https://doi.org/10.22289/2446-922X.V2EEA8
Seção
Artigo original