UMA ANÁLISE SOBRE A INSEGURANÇA E O MEDO EXISTENCIAL NA CONTEMPORANEIDADE

  • Reinaldo dos Santos
  • Cátia de Castro Dias
Palavras-chave: -

Resumo

Introdução: Existiu um tempo que conceitos eram sólidos: ideias, ideologias e relações. Presenciavam-se vários tipos de pensamentos que moldavam a maneira que as pessoas se interagiam. Já no século XX, diante da evolução da tecnologia com as guerras e a política em constante confronto, deu-se a queda desse mundo sólido e surge a pós-modernidade. O mundo pós-moderno traz com ele a fluidez do líquido, ignorando divisões e obstáculos, assumindo um novo molde e reformando os espaços, fluidificando as certezas, crenças e práticas do mundo sólido. Objetivo: Refletir sobre a insegurança e o medo existencial no mundo contemporâneo e suas implicações nas relações. Metodologia: Esse trabalho foi realizado por meio de uma resenha da obra “Tempos líquidos” de autoria de Zyngmunt Bauman. Considerações: O autor mostra que atualmente estão ocorrendo algumas mudanças, que criam um ambiente novo para as atividades da vida individual levando a uma série de desafios inéditos, dentre esses, a insegurança e o medo existencial. Ele tem usado o termo ‘liquefação’ ou ‘fluidez’, como uma metáfora apropriada para manifestar-se o dinamismo do processo de transformações entre a modernidade e o momento atual. Em uma sociedade sendo vista e tratada como uma ‘rede’ em vez de uma estrutura, o que se percebe são as relações se tornando cada vez mais temporárias. A leitura de Tempos Líquidos nos ajuda a constatar elementos expressivos para o progresso das ciências humanas e sociais, aprimorando nossa análise reflexiva no tocante a possibilidade de resgate do Estado-Nação deste atual contexto de vulnerabilidade e enfraquecimento dos laços inter-humanos. Bauman nos oferece uma reflexão instigante que ajuda a pensar os problemas contemporâneos, especificamente sobre a insegurança existencial na modernidade. Considera-se aqui uma obra redigida com argumentação sólida, entretanto destaca-se que a análise da obra depende de conhecimento prévio do conteúdo devido ao fato de possuir uma linguagem muito específica.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

-
Publicado
2019-07-29
Como Citar
Santos, R., & Dias, C. (2019). UMA ANÁLISE SOBRE A INSEGURANÇA E O MEDO EXISTENCIAL NA CONTEMPORANEIDADE. Psicologia E Saúde Em Debate, 5(Suppl.1), 28-28. Recuperado de http://psicodebate.dpgpsifpm.com.br/index.php/periodico/article/view/504