ACOLHER E CUIDAR: um novo olhar sobre os cuidadores

I Mostra de Práticas Psicológicas – Estágio Básico

  • Daniela Porto
  • Letícia Braga
  • Regina Oliveira
  • Vanessa Silva
  • Karla Lemgruber
Palavras-chave: idoso, cuidador de idosos, escuta, afeto

Resumo

No período de observação foi percebido que na rotina do Lar havia uma necessidade em realizar um trabalho diferenciado com os cuidadores, devido às condições de estresse e sobrecarga de trabalho. Eles apresentavam cansaço, expressão tensa e preocupação em realizar as tarefas diárias. Sendo assim, a alta demanda impossibilitava-os em lançar um olhar mais humanizado para os idosos. Sabe-se que o bom cuidador é aquele que observa e identifica o que a pessoa pode fazer por si, avalia as condições e ajuda a pessoa a fazer as atividades, portanto, quando a demanda é muito grande, perde-se parte dessa sensibilidade, passando a ser um ato automatizado, gerando estresse físico e emocional. Objetivo: Pretendeu-se dar um acolhimento aos cuidadores e oferecer a eles uma escuta especializada às suas inquietações

Publicado
2016-11-01
Como Citar
Porto, D., Braga, L., Oliveira, R., Silva, V., & Lemgruber, K. (2016). ACOLHER E CUIDAR: um novo olhar sobre os cuidadores. Psicologia E Saúde Em Debate, 2(Supl. 1), 55-56. Recuperado de http://psicodebate.dpgpsifpm.com.br/index.php/periodico/article/view/75
Seção
Artigo original