SOCIALIZAR BRINCANDO

I Mostra de Práticas Psicológicas – Estágio Básico

  • Brenda Pimenta
  • Luiza Gontijo
  • Paula Magalhães
  • Tatyane Moura
  • Karla Lemgruber
Palavras-chave: socializar, brincar, proteção à infância

Resumo

A prática confirma que a dificuldade dos estudos efetuados exige a certeza e a definição das orientações de desenvolvimento para o futuro. Esta disciplina permite que o aluno exponha suas habilidades por meio das teorias estudadas, onde elaboramos projetos de intervenção com a finalidade de ressocialização das meninas realizado na Associação de Proteção à Maternidade, Infância e Velhice de Patos de Minas “Casa das Meninas Nossa Senhora Aparecida”, Entidade de assistência social, que acolhe crianças com rompimentos familiares e que geram um impacto na socialização, no momento a instituição é composta por doze crianças entre um a dezessete anos de idade.

Publicado
2016-11-01
Como Citar
Pimenta, B., Gontijo, L., Magalhães, P., Moura, T., & Lemgruber, K. (2016). SOCIALIZAR BRINCANDO. Psicologia E Saúde Em Debate, 2(Supl. 1), 68. Recuperado de http://psicodebate.dpgpsifpm.com.br/index.php/periodico/article/view/84
Seção
Artigo original