MATERIAL RESTAURADOR UTILIZADO NAS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE DE UM MUNICÍPIO DE PEQUENO PORTE NA REGIÃO ALTO PARANAÍBA DO ESTADO DE MINAS GERAIS

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Stephanie Borges Ana Oliveira Roberto Góes Fernando Nascimento Camila Silva Paulo Santos-Filho Victor Martins

Resumo

O objetivo deste trabalho é avaliar quantitativamente o tipo de material restaurador utilizado por cirurgiões dentistas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) do Município de Carmo do Paranaíba- MG. O estudo foi submetido a avaliação do Comitê de Ética em Pesquisa da Faculdade Patos de Minas - FPM e aprovado sob o CAAE: 66653817.7.0000.8078 e parecer nº 2.037.113. As Unidades Básicas de Saúde (UBS)(n=5) foram selecionadas e através de uma planilha de dados, os prontuários (n=10) dos anos de 2014,2015 e 2016 foram analisados, registrando a quantidade de dentes restaurados em 3 níveis: Resina Composta (RC), Amálgama(AMG), Cimento de Ionômero de Vidro(CIV); o tipo de dentição em 2 níveis: Decídua e Permanente; e quanto a seleção do material referente a posição do dente na arcada em 2 níveis: Dentes Anteriores e Dentes Posteriores. Dos 150 prontuários avaliados, houve uma diminuição de dentes restaurados de 2014 a 2016. Dos 919(100%) dentes restaurados, 45% receberam restaurações com AMG, 38% com RC e 17% com CIV. 74% dos dentes restaurados correspondiam a dentição permanente e 26% a dentição decídua. 78% foram dentes localizados na região posterior e 22% localizados na região anterior. Podemos observar que o uso do amálgama ainda é frequente nas UBS desta cidade, a quantidade de dentes na região posterior e o tipo de dentição podem estar relacionadas com o tipo do material utilizado, devendo o cirurgião dentista manter-se preparado para as atualidades do mercado mas ter o conhecimento sobre todo tipo de material restaurador.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
Borges, S., Oliveira, A., Góes, R., Nascimento, F., Silva, C., Santos-Filho, P., & Martins, V. (2017, julho 1). MATERIAL RESTAURADOR UTILIZADO NAS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE DE UM MUNICÍPIO DE PEQUENO PORTE NA REGIÃO ALTO PARANAÍBA DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Psicologia E Saúde Em Debate, 3(1), 22-33. https://doi.org/https://doi.org/10.22289/2446-922X.V3N1A3
Seção
Artigo original