DEPENDÊNCIA TECNOLÓGICA: uma visão sobre a série Black Mirror e possíveis tratamentos através da TCC

Autores

  • Kevelyn Maris Lima dos Santos
  • Arthur Siqueira de Sene

Palavras-chave:

Abusivo, Anonimato, Black Mirror, Dependência, Internet

Resumo

Introdução: Por conta de seu caráter imediatista, o uso abusivo da internet tem gerado questionamentos sobre o alcance do sofrimento psíquico e as consequências comuns aos usuários. As interações sociais têm acompanhado as transformações velozes e profundas da ampliação do acesso às tecnologias, bem como a interatividade constante para a realização de tarefas do dia a dia. Destaca-se que tais tarefas têm dependido cada vez mais do uso da internet, seja para facilitar o processo, ou apenas por comodidade. A série “Black Mirror” traz em seus episódios a possibilidade de discussão sobre dependência e as consequências que ela pode causar tanto no comportamento individual como na sociedade, podendo proporcionar assim, reflexões e questionamentos aos leitores e telespectadores sobre como a dependência de internet vem afetando a população em geral. Objetivo: investigar sobre a presença e a forma como a dependência tecnológica afeta a sociedade representada na série “Black Mirror” do ano de 2011. A série, de origem britânica, desenvolve suas histórias a partir de uma perspectiva de futuro na qual o uso exacerbado da internet está intimamente atrelado ao estabelecimento e manutenção das relações sociais. Metodologia: Atualmente o ser humano tem contato com a tecnologia cada vez mais cedo, sendo comum ver crianças de 03 ou 04 anos de idade com seus próprios aparelhos eletrônicos. Em muitos dos casos, esses dispositivos são entregues às crianças como uma forma de “prender a atenção” da criança, tornando-as momentaneamente inertes para que os pais possam fazer suas atividades diárias. Observa-se que esse comportamento dos pais pode ter caráter prejudicial já na primeira infância e nas subsequentes fases de desenvolvimento humano, uma vez que se o uso não for elaborado de maneira adaptativa pode gerar consequências como a diminuição ou não aprendizagem de habilidades básicas de socialização com o meio. Considerações: É importante ressaltar que apesar da ampliação do cenário em que vivemos a série retrata sobre a busca pela perfeição, potencializado com o avanço da tecnologia, uma vez que através de aplicativos é possível criar uma imagem que julgamos ser perfeita, se submetendo a aparentar essa perfeição, mas distanciando-se da realidade vivenciada. Destaca-se como ponto central para reflexão a questão da ampliação da percepção de anonimato como um dos efeitos colaterais da tecnologia. Disseminação do ódio, ameaças ao outro e outros formas de violência ficam evidentes nos episódios a partir da apresentação de uma visão enviesada de estarmos protegidos pela internet o que permitiria que qualquer ato pudesse ser realizado sem que se sofra consequências.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

-

Downloads

Publicado

2018-12-10

Como Citar

Santos, K. M. L. dos, & Sene, A. S. de. (2018). DEPENDÊNCIA TECNOLÓGICA: uma visão sobre a série Black Mirror e possíveis tratamentos através da TCC. Psicologia E Saúde Em Debate, 4(Suppl1), 18–18. Recuperado de https://psicodebate.dpgpsifpm.com.br/index.php/periodico/article/view/364

Edição

Seção

Anais