TÉCNICAS DE RELAXAMENTO PARA A REDUÇÃO DE ESTRESSE E ANSIEDADE EM ATLETAS DE JIU-JITSU

Autores

  • Canuto Frota de Lima Junior Centro Universitário FAMETRO
  • Júlio César Souza Universidade Federal do Amazonas e Centro Universitário FAMETRO

DOI:

https://doi.org/10.22289/2446-922X.V7N1A15

Palavras-chave:

estresse, ansiedade, atletas, tecnicas de relaxamento

Resumo

Esta pesquisa aborda as técnicas de relaxamento que podem ser utilizadas em atletas e outros profissionais na redução do estresse e ansiedade. Esta pesquisa teve como objetivo analisar os benefícios da prática de relaxamento em atletas de Jiu-Jitsu de uma academia da zona norte de Manaus, utilizando-se de uma abordagem quantitativa e qualitativa e cunho descritivo. Como instrumentos foram utilizados as técnicas de relaxamentos, inventário de ansiedade de Beck, inventário de estresse para adultos de Lipp e uma entrevista semiestruturada. As técnicas de relaxamento utilizadas na pesquisa foram: progressiva, passiva e respiração. Para verificação dos dados quantitativos foi aplicada a estratégia estatístico-descritiva e para análise dos dados qualitativos a análise do conteúdo. Nos resultados obtidos verificou-se que 100% dos participantes se encontravam com estresse patológico e ansiedade. Com a aplicação das técnicas de relaxamento durante os treinos dos atletas obteve-se uma melhora sensível em relação ao estresse e à ansiedade dos participantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Júlio César Souza, Universidade Federal do Amazonas e Centro Universitário FAMETRO

Graduado em psicologia clinica pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM), especialista em psicologia do esporte (Faculdades Integradas -Brasília/DF) e Mestre em psicologia (linha psicossocial) pela UFAM. Ainda possuo especializações nas seguintes áreas: Gestão com ênfase em Administração Hospitalar (FGV-RJ) e Relações Públicas e especialidades de marketing (UVA-RJ). Participante do grupo de pesquisa Psicologia e práticas socioculturais da UFAM. Parecerista da Revista Psicologia e Saúde. Atuação na área da Assistência Social e professor de graduação e pós-graduação. Atualmente professor do Instituto Metropolitano de Ensino - IME .

Referências

Caballo, V. E. (1996) Manual de Técnicas de Terapia e Modificação do Comportamento. São Paulo: Santos.

Bardin, L. (2011) Análise de Conteúdo. São Paulo: Persona.

Borges, E., & Ferreira, T. (2013) Relaxamento: Estratégia de Intervenção no Stress. Porto Portugal, Revista Portuguesa de Enfermagem de Saúde Mental, 10(1), 37-42. Recuperado em 20 Mai 2020 de http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1647-21602013000200006&lng=pt&nrm=iso.

American Psychological Association (2014) Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-5). Porto Alegre: Artmed.

Fabiani, M.T. (2009) Psicologia do Esporte: A Ansiedade e o Estresse Pré-competitivo. Trabalho de Conclusão de Curso de Especialização, Pontifícia Universidade Católica do Paraná, São Miguel do Oeste/SC.

Gil, A.C. (2008) Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas.

Loricchio, T. M. B., & Leite, J. R. (2012) Estresse, Ansiedade, Crenças de Autoeficácia e o Desempenho dos Bacharéis em Direito. Avaliação Psicológica, 11 (1), 37-47. Recuperado em 15 mai 2020 de http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1677-04712012000100005.

Marconi, M. A., & Lakatos, E. M. (2010) Fundamentos de Metodologia Científica. São Paulo: Atlas.

Marques, E. L. L., & Delfino, E. D; (2016). Contribuições das Técnicas de Respiração, Relaxamento, e Mindfulness no Manejo do Estresse Ocupacional. Recuperado em 5 de abr 2020 de https://www.psicologia.pt/artigos/ver_artigo.php?codigo=A0965.

Minayo, M.C.S. (2010) O desafio do Conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. São Paulo: Hucitec.

Minayo, M.C.S., Deslandes, M. C., S. F, & Gomes, R.(2007). Pesquisa Social: Teoria, Método e Criatividade. (25ª ed.). Petrópolis: Vozes.

Oliveira, A.V.R.R., & Padovani, R.C. (2018) Mindfulness e o Esporte Competitivo: a Importância para Atletas de Alto Rendimento. Revista Brasileira de Psicologia do Esporte 8 (2), 1-13.

Roemer, L., & Orsillo, S.M. (2010) A Prática da Terapia Cognitivo-Comportamental Baseada em Mindfulness e Aceitação. Porto Alegre: Artmed.

Muller, M.C, Calvetti, P.U., Redivo, L.B, Geyer, J.G, & Jarros, R.B. (2009) Técnicas de Relaxamento e Visualização na Psicologia da Saúde. Revista de Psicologia da IMED, 1 ( 1), 24- 33.

Rodrigues, O. M. P. R, Viana, N. P. M, Palamin, M. E. G., & Calais, S. L. (2014) Estresse e Zumbido: o Relaxamento Como uma Possibilidade de Intervenção Psicol. teor. prat., 16 (1), 43-56. Recuperado em 7 Mar 2020 de http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-36872014000100004.

Vieira, L.F., Vissoci, J.R.N., Oliveira, L.P., & Vieira, J.L.L. (2010) Psicologia do Esporte: Uma Área Emergente da Psicologia. Psicol. Estud. 15 (2), 391-399.

Severino, A.J. (2007) Metodologia do Trabalho Científico. (23ª ed.). São Paulo: Cortez. 2007.

Wilhelm, A.R., Andretta, I., & Ungaretti, M.S. (2015) Importância das Técnicas de Relaxamento na Terapia Cognitiva para Ansiedade. Contextos Clínicos, 8 (1), 79-86. Recuperdao em 24 mai 2020 de http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-34822015000100009

Downloads

Publicado

2021-04-13

Como Citar

Lima Junior, C. F. de ., & Souza, J. C. (2021). TÉCNICAS DE RELAXAMENTO PARA A REDUÇÃO DE ESTRESSE E ANSIEDADE EM ATLETAS DE JIU-JITSU. Psicologia E Saúde Em Debate, 7(1), 215–227. https://doi.org/10.22289/2446-922X.V7N1A15

Edição

Seção

Artigo original