A APLICAÇÃO DA RUGOSCOPIA PALATINA NA IDENTIFICAÇÃO HUMANA: REVISÃO DE LITERATURA

Autores

  • Marcela Lopes Ferreira
  • Rafaella Pinheiro Machado
  • Lia Dietrich
  • Henrique Cury Viana
  • Mariana de Oliveira Andrade Mota
  • Claudia Maria de Oliveira Andrade

Palavras-chave:

Odontologia Legal, Palato, Identificação Humana

Resumo

Introdução: A Rugoscopia Palatina é o processo odontológico de identificação que estuda as rugas palatinas como meio de individualização humana. Uma vez que as rugosidades presentes no palato apresentam grande variabilidade anatômica e assimetria entre a espécie humana, é considerada uma importante ferramenta forense, sendo a sua aplicabilidade passível de se realizar tanto na situação ante mortem quanto post mortem. A Odontologia Legal é uma especialidade dentro da Odontologia que atua no ramo da identificação humana diante alguns casos em que se encontram corpos vivos ou cadáveres, onde o manejo tradicional para identificação por meio de outros exames se torna inviável. Exames complementares como a rugoscopia palatina são capazes de fornecer dados que auxiliam e/ou podem ser conclusivos na identificação do corpo humano. As rugosidades palatinas apresentam características de unicidade/individualidade, imutabilidade, perenidade, praticabilidade e classificabilidade, cumprindo os requisitos fundamentais para a identificação humana, tornando possível sua utilização em ocasiões em que os métodos utilizados como primeira escolha são contestáveis. Objetivo: O objetivo deste trabalho é demonstrar e enfatizar a importância da rugoscopia no reconhecimento do corpo humano em seus diferentes estágios, seja este em vida ou post mortem. Metodologia: Foi realizada uma revisão de literatura exploratória e qualitativa em livros, monografias, artigos científicos nas bases de dados da Medline, Scielo, Lilacs, Pubmed e também utilizada a Legislação Brasileira. Considerações: A rugoscopia palatina, ainda que considerada uma técnica alternativa para a identificação humana, quando os métodos tradicionais de reconhecimento não são aplicáveis, se realizada corretamente, pode ser primordial para conclusão de casos e identificação humana. É de fundamental importância que o cirurgião-dentista e/ou a sua equipe multiprofissional sejam capacitados para a execução dos procedimentos envolvidos, pois embora não envolva técnicas complexas, a execução de uma performance correta é o caminho para que a excelência do trabalho de identificação seja alcançada e não haja erros advindos de profissionais despreparados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

-

Downloads

Publicado

2018-12-11

Como Citar

Ferreira, M. L., Machado, R. P., Dietrich, L., Viana, H. C., Mota, M. de O. A., & Andrade, C. M. de O. (2018). A APLICAÇÃO DA RUGOSCOPIA PALATINA NA IDENTIFICAÇÃO HUMANA: REVISÃO DE LITERATURA. Psicologia E Saúde Em Debate, 4(Suppl1), 32–32. Recuperado de https://psicodebate.dpgpsifpm.com.br/index.php/periodico/article/view/378

Edição

Seção

Anais