RELATO DE EXPERIÊNCIA: PROCESSO DE AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA EM UM CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL (CRAS)

Autores

  • Pedro Henrique Silva de Alencar Universidade Ceuma
  • Noé do Carmo Bezerra Universidade Ceuma
  • Karoline Giele Martins de Aguiar Universidade Ceuma https://orcid.org/0000-0001-8310-7273

DOI:

https://doi.org/10.22289/2446-922X.V7N1A19

Palavras-chave:

Palavras-Chave: Estágio; Políticas Públicas; Psicodiagnóstico, COVID-19.

Resumo

A(o) psicóloga(o) do CRAS trabalha com a prevenção e o fortalecimento de vínculos, seja de maneira individual ou coletiva, no contexto de vulnerabilidade social a partir de intervenções que promovam a proteção básica, pautada(o) no pensamento ético que garanta a efetivação de direitos das pessoas. O estudo trata-se de relato de experiência de estágio em Avaliação Psicológica e Psicodiagnóstico desenvolvido por acadêmicos do 7º período do curso de Psicologia. Objetivou discutir demanda de Avaliação Psicológica, na atividade do profissional de Psicologia em Políticas Públicas assistenciais. O estágio ocorreu entre os meses de agosto a dezembro de 2020 em um Centro de Referência de Assistência Social de um bairro periférico, em uma cidade no interior do estado do Maranhão, após a autorização do Ministério da Educação (MEC), para o retorno dos estágios curriculares ocasionada pelas contingências do COVID-19. A experiência da realização do estágio em avaliação psicológica em uma instituição pública como o CRAS é desafiador para qualquer estudante de Psicologia, pelo fato da instituição não disponibilizar ambiente físico, estrutural e instrumental apropriado para o processo de avaliação psicológica, e obter-se êxito ao rastrear usuários do serviço que necessitavam de intervenções psicológicas e foram encaminhados  aos serviços de saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Barros, M. B. D. A., Lima, M. G., Malta, D. C., Szwarcwald, C. L., Azevedo, R. C. S. D., Romero, D., ... & Gracie, R. (2020). Relato de tristeza/depressão, nervosismo/ansiedade e problemas de sono na população adulta brasileira durante a pandemia de COVID-19. Epidemiologia e Serviços de Saúde, 29, e2020427. Recuperado em 08 de março de 2021 de: https://doi.org/10.1590/S1679-49742020000400018

Brasil, (1993). Dispõe sobre a organização da Assistência Social e dá outras providências. Lei nº 8.742. Lei Orgânica de Assistência Social (LOAS). Brasília: DF, 7 de dezembro de 1993. Recuperado em 08 de março de 2021 de: https://www.mds.gov.br/webarquivos/publicacao/assistencia_social/Normativas/LoasAnotada.pdf

Brasil. (2009). Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Orientações Técnicas: Centro de Referência de Assistência Social – CRAS. Brasília: 2009. Recuperado em 09 de março de 2021 de: http://www.mds.gov.br/webarquivos/publicacao/assistencia_social/Cadernos/orientacoes_Cras.pdf.

Brasil. (2015) Ministério da Cidadania. Sistema Único de Assistência Social – Suas. Brasília – DF, (2015). Recuperado em 08 de março de 2021 de: https://www.mds.gov.br/webarquivos/publicacao/assistencia_social/Livros/RedeSuas_gestaoesistema.pdf

Brasil. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde. Resolução no 510, de 7 de abril de 2016. Trata sobre as diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisa em ciências humanas e sociais. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 24 maio 2016. Recuperado em 18 de abril de 2021. https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/cns/2016/res0510_07_04_2016.html

Capitão, C. G., Scortegagna, S. A., & Baptista, M. N. (2005). A importância da avaliação psicológica na saúde. Avaliaçao Psicologica: Interamerican Journal of Psychological Assessment, 4(1), 75-82. Recuperado em 18 de abril de 2021: file:///C:/Users/SAMSUNG/Downloads/Dialnet- AImportanciaDaAvaliacaoPsicologicaNaSaude-6674821%20(1).pdf

Cerioni, R. A. N.; Herzberg, E. (2016) Expectativas de Pacientes acerca do Atendimento Psicológico em um Serviço-Escola: da Escuta à Adesão. Psicologia: Ciência e Profissão, v. 36 n° 3, p. 597-609, jul.-set., 2016. Recuperado em 08 de março de 2021 de: DOI: 10.1590/1982-3703001402014

Conselho Federal de Psicologia. (2019). Avaliação Psicológica Compulsória. Brasília, CFP, 2019. Recuperado em 18 de abril de 2021: https://satepsi.cfp.org.br/docs/1910-Dialogos-Ed10Encarte.pdf

Conselho Federal de Psicologia, (2018). Resolução n° 9 de 25 de abril de 2018. Brasília, 2018. Recuperado em 08 de março de 2021 de: https://crpsc.org.br/noticias/cfp-publica-nova-resolucao-sobre-avaliacao-psicologica

Conselho Federal de Psicologia, (2003). Resolução n° 02 de 24 de março de 2003. Brasília, 2003. Recuperado em 08 de março de 2021 de: https://site.cfp.org.br/wp-content/uploads/2003/03/resolucao2003_02_Anexo.pdf

Conselho Federal de Psicologia. (2008). Referência técnica para atuação do(a) psicólogo(a) no CRAS/SUAS. Brasília, CFP, 2008. Recuperado em 08 de março de 2021 de: https://site.cfp.org.br/publicacao/referencias-tecnicas-para-atuacao-doa-psicologoa-no-cras-suas/

Costa, A. F. de S.; Cardoso, C. L. (2010). Inserção do Psicólogo em Centros de Referência de Assistência Social – CRAS. Gerais: Revista Interinstitucional de Psicologia, v. 3, n. 2, p. 223-229, Juiz de Fora: 2010. Recuperado em 09 de março de 2021 de: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/gerais/v3n2/v3n2a11.pdf

Dalgalarrondo, P. (2019). Psicopatologia e Semiologia dos Transtornos Mentais. 3. ed. Porto Alegre: Artmed.

Flor, T. C.; Goto, T. A., (2015). Atuação do Psicólogo no CRAS: uma Análise Fenomenológico-empírica. Revista da Abordagem Gestáltica, v. 21, n. 1, janeiro-junho, p. 22-34, Goiânia: 2015. Recuperado em 09 de março de 2021 de: https://www.redalyc.org/pdf/3577/357742812004.pdf

Löhr, S. S. (2011). Avaliação psicológica na formação do profissional da Psicologia, algumas reflexões. In Conselho Federal de Psicologia, Ano da avaliação psicológica – Textos geradores (pp. 143-149). Brasília, DF: Conselho Federal de Psicologia

Maia, B. R., & Dias, P. C. (2020). Ansiedade, depressão e estresse em estudantes universitários: o impacto da COVID-19. Estudos de Psicologia (Campinas), 37. Recuperado em 09 de março de 2021 de: http://dx.doi.org/10.1590/1982-0275202037e200067

Macedo, O. J. V., Lima, C. M. P. D., Brito, F. H. S. D., Souza, J. N. P. D., Sousa, N. K. M. D., Sousa, S. P. D., & Dias, S. G. (2018). Atuação dos Profissionais de Psicologia nos CRAS do Interior da Paraíba. Trends in Psychology, 26(2), 1083-1097. Recuperado em 09 de março de 2021 de: http://dx.doi.org/10.9788/tp2018.2-20pt

Musskopf, G. M.; Lang, C. S. (2014). A importância do acolhimento aos pacientes que buscam atendimento psicológico no Instituto Integrado de Saúde. p. 473-486, maio. Recuperado em 09 de março de 2021 de: https://scholar.google.com.br/scholar?hl=pt-R&as_sdt=0%2C5&q=.+A+import%C3%A2ncia+do+acolhimento+aos+pacientes+que+buscam+atendimento+psicol%C3%B3gico+no+Instituto+Integrado+de+Sa%C3%BAde.+&btnG

Noronha, A. P. P.; Reppold, C. T. (2010) Considerações sobre a avaliação psicológica no Brasil. Psicologia, Ciência e Profissão, v. 30, p. 192-201, São Paulo: 2010. Recuperado em 09 de março de 2021 de: https://www.scielo.br/pdf/pcp/v30nspe/v30speca09.pdf.

Oliveira, N. H.; Benetti, S. P. da C. (2015). Aliança terapêutica: estabelecimento, manutenção e rupturas da relação. Arquivos Brasileiros de Psicologia, v. 67, n. 1. p. 125-138, Rio de Janeiro. Recuperado em 09 de março de 2021 de:https://www.redalyc.org/pdf/2290/229044976010.pdf.

Oliveira, I. F. D., Oliveira, N. L. D. A., Nascimento, M. N. C. D., Araújo, R. L., Coelho-Lima, F., & Amorim, K. M. D. O. (2014). Atuação dos psicólogos nos CRAS do interior do RN. Psicologia & Sociedade, 26(SPE2), 103-112. Recuperado em 09 de março de 2021 de: https://doi.org/10.1590/S0102-71822014000600011

Oliveira, I. F., Dantas, C. M. B., Solon, A. F. A. C., & Amorim, K, M. O. (2011). A prática psicológica na proteção social básica do SUAS [Edição especial]. Psicologia & Sociedade, 23, 140-149. doi: 10.1590/S0102-71822011000400017

Pereira, V. T., & Guareschi, P. A. (2017). A psicologia no CRAS: un estudo de representações sociais. Psicologia & Sociedade, 29, 119584. Recuperado em 19 de abril de 2021 de: https://www.redalyc.org/pdf/3093/309350113001.pdf

Silva, D. F. O., Cobucci, R. N., Soares-Rachetti, V. D. P., Lima, S. C. V. C., & Andrade, F. B. D. (2021). Prevalência de ansiedade em profissionais da saúde em tempos de COVID-19: revisão sistemática com metanálise. Ciência & Saúde Coletiva, 26, 693-710.

Silva, H. G. N.; Santos, L. E. S. dos; Oliveira, A. K. S. de (2020). Efeitos da pandemia do novo Coronavírus na saúde mental de indivíduos e coletividades. Journal of Nursing and Health. Recuperado em 09 de março de 2021 de: https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/enfermagem/article/viewFile/18677/11414.

Silva, J. V.; Corgozinho, J. P. (2011). Atuação do psicólogo, SUAS/CRAS e psicologia social comunitária: possíveis articulações. Psicologia & Sociedade, v. 23, p.12-21, Belo Horizonte. Recuperado em 09 de março de 2021 de: https://www.scielo.br/pdf/psoc/v23nspe/a03v23nspe.pdf.

Urribarri, R. (1999). Descorriendo el velo: sobre el trabajo de la latencia. Revista de la Sociedad Colombiana de Psicoanálisis, 210-42.

Whitbourne, S. K.; Halgin, R. P. (2015). Psicopatologia: perspectivas clínicas dos transtornos psicológicos. 7. ed. Porto Alegre: AMGH.

Zimerman, D. E. (2009). Fundamentos psicanalíticos: teoria, técnica e clínica. Porto Alegre: Artmed.

Downloads

Publicado

2021-05-24

Como Citar

Alencar, P. H. S. de ., Bezerra, N. do C. ., & Aguiar, K. G. M. de . (2021). RELATO DE EXPERIÊNCIA: PROCESSO DE AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA EM UM CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL (CRAS). Psicologia E Saúde Em Debate, 7(1), 268–279. https://doi.org/10.22289/2446-922X.V7N1A19

Edição

Seção

Relato de Caso e/ou Experiência