CONTRIBUIÇÕES DOS TESTES PARA A AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA NO TRÂNSITO

  • Junia Silva Aparecida FPM
  • Delza Ferreira Mendes Faculdade Patos de Minas
  • Luciana de Araújo Mendes Silva
Palavras-chave: Psicodiagnóstico, Psicologia, Trânsito

Resumo

Os testes psicológicos relacionados à avaliação no trânsito são de importância incontestável. O presente estudo busca descrever as contribuições dos testes para a avaliação psicológica no trânsito. Trata-se uma revisão sistemática com material derivado de textos buscados nas bases de dados online como Scielo e Pepsic. As fontes foram estudos publicados em idioma português no período de 2000 a 2016. Para realizar as buscas, foi utilizada a combinação das seguintes palavras-chave: psicologia/psicologia do trânsito/avaliação psicológica no trânsito/teste e técnicas psicológicas/ psicodiagnóstico. Os dados apontam que apesar da importância dos testes psicológicos deve-se considerar que as condutas de violar as normas no trânsito poder estar relacionadas com as condições do trânsito, com a agressividade, irritabilidade e estrutura da personalidade do motorista. Além disso, os escores dos diferentes instrumentos não consentem prever, identificar ou caracterizar, se um motorista poderá ou não cometer atos infracionais. Conclui-se que os testes psicológicos oferecem diferentes e importantes contribuições para a avaliação psicológica no trânsito. Em razão da relevância que os processos atencionais e sua adequada avaliação apresentam à psicologia do trânsito, os testes psicológicos se mostram como fator essencial para o desenvolvimento e instrumentalização, pois fornecem melhores condições de atuação e desempenho dos profissionais para a avaliação psicológica e a Psicologia de Trânsito.

Publicado
2018-02-01
Como Citar
Aparecida, J., Mendes, D., & Silva, L. (2018). CONTRIBUIÇÕES DOS TESTES PARA A AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA NO TRÂNSITO. Psicologia E Saúde Em Debate, 4(1), 9-43. https://doi.org/10.22289/2446-922X.V4N1A2
Seção
Estudo Teórico