A IMPORTÂNCIA DA AVALIAÇÃO DAS DOSAGENS DAS COLINESTERASES EM CASOS DE INTOXICAÇÕES POR ORGANOFOSFORADOS

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Paula Vieira Marques Bruno Tolentino Caixeta

Resumo

Os agrotóxicos são amplamente utilizados nos setores agrícolas visando uma maior produtividade, porém essa utilização tem se tornado uma ameaça a saúde pública, principalmente para a população rural, devido à desinformação quanto à nocividade desses compostos à saúde humana e ao meio ambiente. A principal classe de inseticidas envolvidas nos casos de intoxicação é representada pelos organofosforados e os carbamatos, estes compostos causam a inativação das enzimas colinesterásicas, AChe e BChe, que levam a elevação de Acetilcolina, gerando uma série de manifestações nicotínicas, muscarínicas e no Sistema Nervoso Central. O artigo foi realizado através de pesquisa bibliográfica, que abrange toda bibliografia pública em relação ao tema estudado, como publicações de artigos científicos, monografias, dissertações e revistas eletrônicas, entre outras, localizadas em acervo digital através de sites relacionados. Concluiu-se com o trabalho, a necessidadede maior emprego de normas de segurança, como a utilização de EPI`s durante o manuseio dos produtos, fortalecimento nos sistemas de notificações e informações aos agricultores sobre os organofosforados, realização de monitoramento dos níveis das colinesterases de agricultores, por meio de exames laboratoriais, para prevenção, diagnóstico e melhoramento de qualidade de vida, relacionada à saúde dos trabalhadores, evitando possíveis complicações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
Marques, P., & Caixeta, B. (2016, maio 1). A IMPORTÂNCIA DA AVALIAÇÃO DAS DOSAGENS DAS COLINESTERASES EM CASOS DE INTOXICAÇÕES POR ORGANOFOSFORADOS. Psicologia E Saúde Em Debate, 2(1), 1-17. https://doi.org/https://doi.org/10.22289/2446-922X.V2N1A1
Seção
Artigo original